logo federação
43 ANOS
logo federação
Principal Estatuto Disciplinar Rel. Anual Diretoria História Contato Localização
Notícias Fotos Vídeos Mídias Colunas Biblioteca
Enquetes Eventos Galeria de Honra Fundo do Baú Publicações
Atletas Clubes Regulamentos Calendário Resultados Campeonato Recordes
FUNDO DO BAÚ
voltar ao menu
1949 - PRIMEIRAS COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS DA CBTA
Após obter uma vitória judicial contra a Confederação Brasileira de Caça e Tiro (CBCT), para designar os atiradores brasileiros que disputaram os Jogos Olímpicos de Londres em 1948, a Confederação Brasileira de Tiro ao Alvo (CBTA) participou nos primeiros anos de sua existência de várias competições internacionais.

Por intermédio da reativação dos campeonatos brasileiros, a partir de 1947, foi possível a direção técnica da CBTA conhecer melhor os atiradores das federações e selecionar os melhores para os eventos internacionais. As seletivas foram realizadas no Rio de Janeiro nos estandes do Fluminense e da Vila Militar.

Assim, o Tiro Brasileiro participou seguidamente de um Campeonato Mundial, dos I Jogos Desportivos Pan-Americanos e dos Jogos Olímpicos de Helsinque.

Esses foram os resultados individuais e por equipe:

1. 34º Campeonato Mundial – Buenos Aires

Este foi o segundo campeonato mundial promovido pela Argentina, pois, o primeiro foi em 1903, com três países participantes, com a equipe de fuzil argentina se tornada campeã.

Esteve na abertura do Campeonato o Presidente da Argentina – General Juan Domingos Perón, juntamente com um representante da UIT.

O Brasil obteve uma medalha de bronze graças ao excelente atirador do fluminense Harvey Dias Villela, na prova de fuzil de guerra, quebrando o recorde brasileiro. O Brasil em toda a sua história conquistou apenas três medalhas em campeonatos mundiais. As provas foram realizadas no Tiro Federal Argentino em Buenos Aires.

a. Carabina Deitado – 50/100 metros

21º Antônio Martins Guimarães – DF – 586

25º Antônio Guzman – SP – 583

28º Alan Sobocinski – SP – 582

34º Alberto Pereira Braga – DF – 575

36º Ernani Martins Neves – DF – 575

b. Carabina 3 posições – 50 metros

31º Harvey Dias Villela – DF – 1116 (*)

33º Severino Moreira – SP – 1108

35º Antônio Martins Guimarães – DF – 1095

36º Alberto Pereira Braga – DF – 1095

40º Antônio Guzman – SP – 1063

OBS: (*) Novo recorde brasileiro

c. Fuzil de Guerra – Mauser – 300 metros

3º Harvey Dias Villela – DF – 515 (*)

OBS: (*) Novo recorde brasileiro

d. Pistola Livre – 50 metros

16º Major Evandro Ferreira Guimarães – DF – 519

19º Álvaro José dos Santos Júnior – DF – 518

28º Silvino Fernandes Ferreira – DF – 509

36º Oswaldo Impelizieri – DF – 497

38º Oswaldo Heliodoro dos Santos – MG – 494

e. Tiro às Rápido às Silhuetas – 25 metros

13º Alan Sobocinski – SP – 543

20º Pedro Simão – SP – 527

25º A. Siqueira – SP – 519

29º Álvaro José dos Santos Júnior – DF – 516

33º Silvino Fernandes Ferreira – DF – 503

f.. Revólver – 50 metros

13º Álvaro José dos Santos Júnior – DF – 526

15º Silvino Fernandes Ferreira – DF – 525

20º Raimundo Vieira – DF – 517

29º M. Silva – SP - 498

QUADRO DE MEDALHAS

BRONZE: 01 (Harvey Villela – fuzil de guerra)

2. I Jogos Pan-Americanos – Buenos Aires

OBS: O Brasil participou de todos os XV Jogos Pan-Americanos. A primeira participação de atiradores brasileiros ocorreu em Buenos Aires, em 1951, nos I Jogos, onde nossos atletas obtiveram três medalhas (02 de prata e de 01 bronze)

a. Carabina Deitado – 50/100 metros – 36 atiradores

8º Alan Sobocinski – SP – 585

17º Ernani Martins Neves – DF – 581

22º Alberto Pereira Braga – DF – 578

23º Antônio Martins Guimarães – DF - 577

28º César Torraca – RJ - 574

Classificação por equipe: 30 Brasil: 2895 pontos (medalha de bronze)

b. Carabina 3 Posições – 50 metros – 32 atiradores

16º Alan Sobocinski – SP – 1088

21º Alberto Pereira Braga – DF – 1072

23º Antônio Martins Guimarães – DF – 1064

24º. Major Evandro Ferreira Guimarães – DF – 1063

27º João Sobocinski – SP - 1052

Classificação por equipe: 40 Brasil: 5339 pontos

c. Pistola Livre – 50 metros – 28 atiradores

7º Major Evandro Ferreira Guimarães – DF – 535

15º Silvino Fernandes Ferreira - DF – 523

23º Pedro Simão – SP – 507

25º Ademar Onéssimo Faller – RS - 505

27º Jorge Mesquita – SP – 502

Classificação por equipe: 40 Brasil: 2572 pontos

d. Tiro Rápido às Silhuetas – 25 metros – 24 atiradores

7º Pedro Simão – SP – 60/556

10º Alan Sobocinski – SP – 60/544

11º Ademar Onéssimo – RS – 60/ 538

16º Adhaury da Costa Rocha – DF – 59/528

Classificação por equipe: 20 Brasil: 239/2166 pontos (medalha de prata)

e. Revólver – 50 metros – 12 atiradores

6º Silvino Fernandes Ferreira – DF – 528

f. Skeet

Edimar Eichemberg

Guido Albertini

Max Schrappe

Antônio Snizeck

Classificação por equipe: 20 Brasil:747 pratos (medalha de prata)

g. Fossa Olímpica

Edimar Eichemberg

Guido Albertini

Max Schrappe

Antônio Snizeck

Classificação por equipe: 40 Brasil:284 pratos

QUADRO DE MEDALHAS

PRATA: 02

BRONZE: 01

Instrutores Credenciados Wir Equipamentos Gregory Armeiro Camping & Cia Paula Carvalho - Avaliação Psicológica
Blog Tiro Olímpico Blog Primeiros Tiros
Principal  |  Estatuto  |  Disciplinar  |  Rel. Anual  |  Diretoria  |  História  |  Contato  |  Localização  |  Notícias  |  Fotos  |  Vídeos  |  Mídias  |  Colunas  |  Biblioteca
Enquetes  |  Eventos  |  Fundo do Baú  |  Publicações  |  Atletas  |  Clubes  |  Regulamentos  |  Calendário  |  Resultados  |  Campeonato  |  Recordes
Av. Colares Moreira, 444 sala 646 B - Jardim Renascença - São Luís - MA - 65075-441 (98) 3251-3535