logo federação
43 ANOS
logo federação
Principal Estatuto Disciplinar Rel. Anual Diretoria História Contato Localização
Notícias Fotos Vídeos Mídias Colunas Biblioteca
Enquetes Eventos Galeria de Honra Fundo do Baú Publicações
Atletas Clubes Regulamentos Calendário Resultados Campeonato Recordes
FUNDO DO BAÚ
voltar ao menu
PARTICIPAÇÃO FEMININA NOS JOGOS OLÍMPICOS
Para quem não acompanha de perto a História dos Jogos Olímpicos, o Brasil já teve três representantes na categoria damas, participando em Jogos. Foram elas: Deborah Renata Srour, Tânia Fassoni e Maria Nelly Amaral. Nesses eventos, elas não fizeram feio. Por mais de 10 anos, foram as melhores atiradoras nacionais de armas curtas.

1. Débora Srour

Nos Jogos Olímpicos de 1984 – Los Angeles, a paulista e estudante de direito Deborah Srour, competindo com mais outras 30 atiradoras, obteve o excelente 7º lugar na prova de Pistola Sport, com 578 pontos.

A Débora foi uma atiradora extraordinária. Muito jovem, ainda, começou atirando carabina de ar no estande da Hebraica – SP, posteriormente trocou a arma longa pela arma curta com muito desembaraço e facilidade. Muito tranqüila nas provas, concentrada, determinada e dona de uma técnica muito apurada, surpreendia a todos com resultados incríveis.

Além da excelente classificação nos Jogos de Los Angeles, Deborah conquistou as medalhas de ouro e prata no XIII Torneio Benito Juarez, estabelecendo um novo recorde brasileiro na prova pistola sport, com 585 pontos. Nos 12º Jogos Macabíadas, realizada em Tel Aviv, Débora obteve o quarto lugar com 583 pontos. Competiu até 1985, obtendo grandes resultados e títulos. Hoje ela se dedica à Advocacia e vive em Israel.

2. Tânia Mara Fassoni

A paulista Tânia foi uma atiradora excepcional para o seu tempo. Demonstrando sempre muita tranqüilidade e eficiência, competiu com os demais atiradores de São Paulo no mesmo nível técnico. Várias vezes tornou-se campeã paulista e brasileira. Foi sempre uma referência no Tiro nacional.

Conquistou inúmeras medalhas nas modalidades de Pistola Sport e Pistola de Ar em importantes eventos internacionais: medalha de ouro em pistola sport e pistola de ar em 1981, no X Torneio Benito Juarez no México; medalha de ouro e prata no III Campeonato das Américas, realizado no Rio de Janeiro; medalha de prata e bronze no XI Torneio Benito Juarez; 5º lugar nos Jogos Pan-Americanos de Caracas; 4º lugar no Campeonato das Américas, realizado no Fort Benning; 15º Lugar no Campeonato Mundial de Suhl; medalha de ouro no VI Grande Prêmio Brasil/ III Torneio ARG X BRA e ouro No Campeonato das Américas em 1989. Conquistou, ainda, uma medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Havana em 1991.

3. Maria Nelly Amaral

A baiana Nelly é casada com o grande campeão paranaense Leonel Amaral e foi também uma destacada atiradora pertencente a este trio de damas que muito bem representaram o Brasil durante um largo período. Detentora de inúmeros títulos paranaenses, brasileiros e internacionais. Conquistou a medalha de prata no Campeonato das Américas em 1981 e bronze em 1985, medalha de prata e bronze no Torneio Benito Juarez em 1982 e bronze em 1989, medalha de bronze no Grande Prêmio Brasil de 1988.

4. Principais Resultados obtidos pelas três atiradoras entre 1981 e 1992

Instrutores Credenciados Wir Equipamentos Gregory Armeiro Camping & Cia Paula Carvalho - Avaliação Psicológica
Blog Tiro Olímpico Blog Primeiros Tiros
Principal  |  Estatuto  |  Disciplinar  |  Rel. Anual  |  Diretoria  |  História  |  Contato  |  Localização  |  Notícias  |  Fotos  |  Vídeos  |  Mídias  |  Colunas  |  Biblioteca
Enquetes  |  Eventos  |  Fundo do Baú  |  Publicações  |  Atletas  |  Clubes  |  Regulamentos  |  Calendário  |  Resultados  |  Campeonato  |  Recordes
Av. Colares Moreira, 444 sala 646 B - Jardim Renascença - São Luís - MA - 65075-441 (98) 3251-3535