logo federação
44 ANOS
logo federação
Principal Estatuto Disciplinar Rel. Anual Diretoria História Contato Localização
Notícias Fotos Vídeos Mídias Colunas Biblioteca
Enquetes Eventos Galeria de Honra Fundo do Baú Publicações
Atletas Clubes Regulamentos Calendário Resultados Campeonato Recordes Validador
NOTíCIAS
voltar ao menu
RELATÓRIO E ESTATÍSTICAS DO TORNEIO DA AMAZÔNIA DE 2009 - 268 INSCRIÇÕES - SUCESSO TOTAL
24/09/2009
Torneio da Amazônia de Tiro Esportivo de 2009

RELATÓRIO E ESTATÍSTICAS

Mais um grande Torneio do Tiro Esportivo do Maranhão.

Com 268 inscrições, 42 atiradores de três estados, 9850 tiros disparados (mínimos) e cinco recordes maranhenses batidos, podemos dizer que o Torneio da Amazônia foi um sucesso total e que superou todas as expectativas.

Muita alegria e espírito de confraternização marcaram todo o evento em seus três dias e três noites. ( a turma só deixava os estandes depois que se esvaziavam os refrigeradores).

Com as estatísticas apresentadas a seguir, poderemos constatar a sua consagração como um torneio regional da maior importância, proporcionando aos atiradores da região amazônica a oferta de um grande número de competições, (prato, provas especiais, provas ISSF e Olímpicas, provas de tiro prático) organizadas e dirigidas de acordo com os preceitos da entidade dirigente nacional.

O Maranhão foi o grande vencedor do Torneio, sendo campeão pela terceira vez consecutiva. O Pará foi o vice-campeão e o Tocantins ficou em terceiro lugar.

Realizado de 18 a 20 de setembro de 2009, na cidade de Imperatriz, no Clube de Caça, Pesca e Tiro de Imperatriz - CCPETI, o Torneio da Amazônia de 2009, já na sua 7ª edição (no início dos anos 90 ele teve 4 edições realizadas e que foram descontinuadas, retornando em 2007), reuniu também a 8ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Trap que compreendeu as provas de Trap Top 100 e 200 pratos, Carabina Mira Aberta de Ar, Carabina Mira Aberta 50m, calibre menor e calibre maior, Carabina Mira Aberta 25m, Puma 3x7, Duelo 20", Fogo Central, Tiro Rápido, Pistola Standard, IPSC e Circuito de Combate.

O torneio ofereceu um grande número de provas em sua programação, faltando apenas as provas de 50 metros e de ar comprimido olímpicas para ser completo, a exemplo de uma Copa São Luís.

Neste ano, as novidades foram as provas de Carabina Mira Aberta de Ar e de Puma 3x7 (que voltou a ser inserida no calendário a pedido de vários atiradores).

Tivemos a presença de atiradores de várias cidades do Maranhão (São Luís, Balsas, Açailândia, Paraibano, Imperatriz), do Pará ( Rubinete Nazaré, Nilton Pita, Alexandre Dantas, (que obteve resultados de altíssimo nível)Cleber Siqueira ), e do Tocantins ( Max Athaides).

Uma presença importante que vale ressaltar foi a do Cel. Eduardo Ferreira, que veio prestigiar o evento e, consequentemente, compartilhar sua experiência e vivência com os atiradores. Virou alvo de tietagem de vários competidores, que quiseram tirar fotos com ele e ter um livro seu (Manual de Organização de Provas de Tiro) autografado (autografou cerca de 10 livros durante o evento).
O Cel Eduardo ajudou a arbitragem, assumindo e ajudando em várias provas ( Tiro Rápido, Pistola Standard, e Provas de Mira Aberta).

Outra presença importante e simbólica foi a do veteraníssimo Rubinete Chagas Nazaré, que juntamente com Francisco Farias e Nilton Pita, fundaram o Torneio da Amazônia no começo dos anos 90.
Rubinete teceu alguns comentários durante a abertura (realizada no sábado pela manhã), atirou, espalhou seu charme, simpatia e tiradas pelos estandes. Desta vez não apareceu com nenhuma de suas famosas camisas estampadas que ele adquire em ilhas secretas do Caribe (todos queriam ver uma !).

Valmor Sacoman, presidente do CBTD, também se fez presente capitaneando a sempre grande, alegre e importante delegação Balsense.

Vale, também, ressaltar a presença de quatro árbitros da FMTE que vieram de São Luís para auxiliar na condução das competições. Irineu Lima, José Olavo, Edenilson Furtado e Clauber Muniz. Tiveram auxilio e orientação do Cel Eduardo Ferreira, experimentado árbitro Internacional. Anderson Gomes comandou toda a área do tiro ao prato.

A condução das provas foi mais tranquila, um reflexo da experiência adquirida no Torneio de Balsas e do interesse desta nova "safra" de árbitros em querer crescer e melhorar. Todos tiveram papel importante no Torneio, valendo ressaltar a atenção dada pelo árbitro Irineu Lima aos novos atiradores, sempre explicando e os orientando durante as competições com um pouquinho de "paciência" a mais.
Clauber Muniz, organizou a juria deixando tudo "à mão" e, "plantado" de lá, comandou toda a etapa de Classificação das diversas provas.
Olavo Reis e Edmilson Furtado, demonstraram mais tranquilidade e domínio dos procedimentos necessários à boa condução das provas.

"O Lojinha do Habib" abriu de novo e com muitas novidades e “brecinho bom”. E muitos se aproveitaram disso, tanto é que não saíam "do Lojinha"(deviam ser os brecinhos baratinhos que atraíam os atiradores para lá e de onde não queriam sair).

Na abertura do Torneio, vários assuntos foram mencionados, desde a inclusão e realização de várias etapas do estadual no CCPETI, até a cobrança de mais atenção às normas de segurança. Rubinete Nazaré também falou, e Francisco Farias finalizou e decretou a abertura do Torneio.

Durante as competições cinco recordes maranhenses foram batidos, com Francisco Farias eno tiro ao prato e Márcia Rosseto em três provas de Duelo 20". Com 182 pratos, o recorde de Francisco Farias no Top 200 foi o mais significativo. Parabéns a ele e à Márcia Rossetto.

Com quatro estandes funcionando ao mesmo tempo, muito preparo e organização foram necessários para a condução das competições.

Apesar de toda a estrutura que a Federação levou para Imperatriz, a dedicação, o conhecimento, o entusiasmo e o prazer de Francisco Farias em deixar tudo pronto foram importantes para que tudo funcionasse. Ele, sua equipe e seu braço direito, Anderson Gomes, estão de parabéns!

Poucos lugares conseguem "rodar" quatro estandes ao mesmo tempo. O Maranhão tem sorte de ter um atirador como ele: 100% esportista e apaixonado pelo Tiro Esportivo.

Um fato que merece ser destacado, noticiado e relembrado (até porque todos que o presenciaram não vão esquecer) foi sobre os acontecimentos ocorridos durante o jantar de premiação e confraternização em um famoso restaurante de Imperatriz, na noite de sábado.

O que vale é que no final todos se divertiram com o que aconteceu, mostrando a unidade e o grande clima de amizade e camaradagem entre os atiradores. Desse jantar ninguém vai se esquecer.

Parabéns e obrigado a todos: a quem organizou, a quem apoiou, a quem atirou, a quem veio de longe e a quem arbitrou.

Foi mais uma festa da “Confraternização Através do Tiro”, dentro dos estandes do Maranhão.



Acompanhe agora algumas estatísticas geradas pelo Torneio da Amazônia 2009:

NÚMERO DE INSCRIÇÕES + NÚMERO DE DISPAROS

Provas Especiais Armas Longas = 147 inscrições e 3870 disparos
Carabina Mira Aberta 25m - 49 inscrições = 1470 tiros
Carabina Mira Aberta 50m Calibre Maior - 15 inscrições = 300 tiros
Carabina Mira Aberta 50m Calibre Menor - 8 inscrições = 160 tiros
Carabina Mira Aberta de Ar - 44 inscrições = 1320 tiros
Puma 3x7 - 31 inscrições = 620 tiros

Provas Especiais Armas Curtas - 63 inscrições e 1260 disparos
Duelo 20" Revólver 32/38 - 13 inscrições = 260 tiros
Duelo 20" Revólver .22 - 16 inscrições = 320 tiros
Duelo 20" Pistola Calibre Menor - 28 inscrições = 560 tiros
Duelo 20" Pistola Calibre Maior - 6 inscrições = 120 tiros

Provas de Tiro Prático
IPSC + Circuito de Combate - 14 inscrições = 840 tiros

Provas ISSF e Olímpicas - 13 inscrições e 780 disparos
Fogo Central - 5 inscrições = 300 tiros
Tiro Rápido - 4 inscrições = 240 tiros
Pistola Standard – 4 inscrições = 240 tiros

Provas de Tiro ao Prato - 31 inscrições e 3100 disparos
Trap Americano Top 100 - 21 inscrições = 2100 tiros
Trap Americano Top 200 - 10 inscrições = + 1000 tiros

Total de Inscrições = 268 inscrições = 9850 tiros mínimos

INSCRIÇÕES POR CATEGORIA
Senior - 168
Dama - 56
Junior - 1
Master – 16
Única - 27
Total = 268 inscrições


RECORDES MARANHENSES BATIDOS NA COMPETIÇÃO

Francisco Farias - 92 pratos - Top 100 - Máster
Francisco Farias - 182 pratos - Top 200 - Máster
Márcia Rosseto - 134 pontos - Duelo 20" - Revólver 32/38 – Dama
Márcia Rosseto - 166 pontos - Duelo 20" - Revólver .22 – Dama
Márcia Rosseto - 172 pontos - Duelo 20" - Pistola Calibre Menor – Dama

RELAÇÃO DOS PARTICIPANTES DO TORNEIO DA AMAZÔNIA DE TIRO ESPORTIVO DE 2009

CATEGORIA SÊNIOR = 30 ATIRADORES
Anderson Gomes Pereira
Alexandre Saads
Alexandre Dantas
Afran Mendes
Cleber Siqueira
Clauber Muniz
Diogenes Epifânio Rosa
Ednilson Furtado
Francisco Assunção
Gilmar Blatt
Gustavo Silva
Guilherme Geus
Guilherme Farias
Ivan Fogaça Netto
José Wilson
José Olavo Reis
José Manzotti
Johnson Willis
Jefferson Rabelo
Jeová Sousa
Juliano Silva
José Malaquias
Luiz Felipe Margutti
Nilton Pita
Oneide Luis Braum Fucina
Rodrigo Farias
Rodrigo Silva
Ricardo Fonseca
Renato Silva
Wissam Maalouf

CATEGORIA DAMA = 7 ATIRADORAS
Elisa da Rocha
Lívia Rocha
Hayla Castelo
Marcia Rosseto
Rose Teixeira
Sheila Carvalho
Vera Amaral

CATEGORIA MASTER = 4 ATIRADORES
Rubinete Nazaré
Francisco Farias
Valmor Sacoman
Max Athaydes

CATEGORIA JÚNIOR = 1 ATIRADOR
João Gabriel

TOTAL DE ATIRADORES = 42 PARTICIPANTES
fonte: FMTE
Instrutores Credenciados Wir Equipamentos Gregory Armeiro Camping & Cia Paula Carvalho - Avaliação Psicológica Blog Tiro Olímpico Blog Primeiros Tiros
Estatuto  |  Disciplinar  |  Rel. Anual  |  Diretoria  |  História  |  Contato  |  Localização  |  Notícias  |  Fotos  |  Vídeos  |  Mídias  |  Colunas  |  Validador
Biblioteca  |  Enquetes  |  Eventos  |  Fundo do Baú  |  Publicações  |  Atletas  |  Clubes  |  Regulamentos  |  Calendário  |  Resultados  |  Campeonato  |  Recordes

Av. Colares Moreira, 444 sala 646 B
Jardim Renascença - São Luís - MA - 65075-441
(98) 98118-1188 whatsapp