logo
Federação Maranhense de Tiro Esportivo
CNPJ 06.496.095/0001-62
CR 1365 / 8
logo
MA Maranhão
01/05/2013

Tiro do Maranhão se Destaca na 3ª Etapa do Brasileiro com Muitas Vitórias, Recordes e Resultados de Alto Nível - Veja o Resultado Nacional

Realizada em todo Brasil, sendo que em nosso estado, em São Luís e também em Imperatriz, a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Carabina e Pistola 2013, foi encerrada no último domingo, 28 de abril, com um maravilhoso saldo de resultados positivos para o Tiro Esportivo do Maranhão.

Nada menos 10 que Recordes Maranhenses foram igualados/batidos nesta etapa do brasileiro. Os nossos atletas no afã de alcançar os melhores resultados possíveis, dão o seu máximo e como consequência Recordes são batidos ou igualados. Apenas nesta etapa, foram alcançados mais que o dobro dos recordes maranhenses de todo o ano passado.

Os grandes destaques desta etapa foram Júpiter Neewler e Alysson Marquezelli que com seus resultados alcançados em provas olímpicas entraram no patamar reservado aos atletas da equipe brasileira de tiro esportivo.

Júpiter Neewler, na prova de carabina deitado, alcançou o resultados de 584 pontos (de 600 pontos máximos possíveis), ficando em 5º lugar no Brasil (o vencedor Bruno Heck, do RJ, venceu com 593 pontos em resultado de classe mundial) nesta prova, considerada uma das mais importantes do esporte do Tiro.
Júpiter também ficou em primeiro lugar na Carabina Mira Aberta 50m - calibre menor, com 195 pontos (igualou o recorde maranhense, que era seu), na Carabina Mira Aberta 50m - calibre maior, com 191 pontos. Júpiter ficou ainda em segundo na Carabina Mira Aberta 25m com 346 pontos, ficou em segundo também no Duelo 20 segundos Revólver Calibre Menor com 196 pontos e em terceiro na Pistola Calibre Menor com 197 pontos.

O feito de Alysson Marquezelli foi mais além, já que seu resultados de 583 pontos (de 600 pontos máximos possíveis), lhe deu a 1ª colocação nacional na prova de Carabina de Ar Olímpica, na Classe B, (ele veio da Classe C no ano passado). Se estivesse na Classe A, (a categoria top da prova de Carabina de Ar), seu resultado lhe daria a 3ª posição nacional, atrás apenas de Bruno Heck e Aliseu Faria, ambos atletas da seleção brasileira e do estado de Santa Catarina.
E além disso, como se não bastasse seu grande feito, Alysson Marquezelli bateu o recorde maranhense que era de 580 pontos (pertencia a Rui e Marcelo Duarte), superando o índice MQS (resultado mínimo que um atleta deve fazer em uma competição para poder participar de uma Olimpíada). Na mesma classe, Marcelo Duarte, voltando aos estandes, fez 570 pontos e conquistou a terceira colocação, na Classe B, além de também alcançar o MQS nesta modalidade.

Ainda na Carabina de Ar Olímpica, Rui Manuel Duarte fez 556 pontos e ficou com o primeiro lugar na categoria Máster. Rui garantiu ainda na sua categoria (máster - acima de 55 anos) o primeiro lugar na Carabina Deitado (567 pontos), na Carabina Mira Aberta 25m (334 pontos), Carabina Mira Aberta 50m - calibre menor (190 pontos) e Carabina Mira Aberta de Ar (292 pontos), ou seja, em um dia super inspirado, Rui Duarte ganhou TUDO que participou em âmbito nacional. Foi um verdadeiro herói. Rui saiu extasiado do estande de tiro com tantas vitórias. E além de todas essas vitórias, Rui ainda bateu/igualou 2 recordes maranhenses nas modalidades de Carabina Mira Aberta de Ar (292 pontos) e Carabina Mira Aberta 50 metros - calibre menor (190 pontos).

José Augusto dos Reis conquistou a primeira colocação na categoria principal do Bench-Rest Fogo Circular Sporter com 233 pontos (maravilhoso resultado) e na categoria Vetererano da Carabina Mira Aberta de Ar, com 277 pontos. Na categoria Máster do Duelo 20 Segundos, José Augusto ficou em segundo no Revólver Calibre Maior (189 pontos de 200 máximos) e no Revólver Calibre Menor (190 pontos), e em terceiro na Pistola Calibre Maior (174 pontos) e na Pistola Calibre Menor (186 pontos). José Augusto confirma sua condição de vencedor, dando ao Maranhão muitos podiuns e medalhas douradas.
Mas o feito mais notável desse atleta vencedor do tiro esportivo (ganhou o Troféu Mirante 2012), foram os 6 recordes maranhenses batidos/igualados nesta etapa. Ele bateu os recordes de Duelo 20 segundos de Revólver Calibre Maior (189 pontos), Duelo 20 segundos Revólver Calibre Menor (190 pontos), BenchRest Ar Comprimido Mola (171 pontos), BechRest Ar Comprimido PCP (236 pontos), BenchRest 50m Sporter (233 pontos) e igualou o recorde maranhense de Duelo 20 segundos de Pistola Calibre Menor (186 pontos).

Francisco Guilherme de Farias, também atirador maranhense da categoria máster (acima de 55 anos) conquistou o primeiro lugar em quato provas: Pistola de Ar (542 pontos de 600 pontos máximos), Pistola Standard (509 pontos), Pistola 50m (481 pontos), e Pistola de Tiro Rápido (471 pontos). Na pistola de Fogo Central fez 537 pontos e ficou com o segundo lugar.
Ou seja, das 5 provas que participou, venceu 4 e ficou em segundo em uma.

Ben-Hur Nóbrega de Oliveira fez 178 pontos na Classe B da Carabina Mira Aberta 50m Calibre Maior e ficou com o primeiro lugar, seguido pelo também maranhense José Olavo Reis, com 154 pontos. Ben-hur conquistou ainda na sua classe o terceiro lugar na Carabina Mira Aberta 25m com 310 pontos.

Ruan Boaid conquistou o primeiro lugar na Classe B do Duelo 20 segundos Pistola Calibre Maior com 175 pontos e o segundo lugar, com 189 pontos, no Revólver Calibre Menor.

Johnson Willis Lopes ficou em segundo na categoria principal do Bench-Rest Fogo Circular Custom com 212 pontos, atrás apenas de João Sinhorello (RJ) que ficou em primeiro com 232.

O Maranhão contou ainda com os atiradores Wissam Elias Maalouf, Dennis Jorge Jennings, Rodrigo de Farias, Paulo Machado Filho e Raimundo Lima.


Os resultados de todos os atletas maranhenses fizeram com que a equipe do Maranhão conquistasse o primeiro lugar por equipes nas provas Carabina Mira Aberta 50m - Calibre Menor, Bench-Rest Fogo Circular Custom e Bench-Rest Ar Comprimido PCP, o segundo lugar nas provas Carabina Mira Aberta 25m, Carabina Mira Aberta 50m - Calibre Maior e Duelo 20 Segundos - Revólver Calibre Menor, e o terceiro lugar nas provas Carabina Deitado, Carabina Mira Aberta de Ar, Duelo 20 Segundos - Pistola Calibre Menor e Duelo 20 Segundos - Revólver Calibre Maior, além do quarto lugar na Carabina de Ar Olímpica.

Após a divulgação dos resultados em nível nacional e a publicação final da classificação geral da competição, os atiradores maranhenses se reuniram e foram comemorar as suas grandes vitórias.

Com todos estes resultados alcançados, podemos dizer a todos os maranhenses que leram este relatório aqui divulgado, que podem ficar muito felizes com nosso selecionado estadual, constantemente se superando e tentando fazer seu melhor, sempre elevando e enchendo de orgulho o nome do Maranhão Brasil afora.

A Federação Maranhese de Tiro Esportivo, parabeniza todos estes atletas, desejando que mantenham sempre este espírito aguerrido, alegre e de união, qualidades muito importantes para mantermos e aumentarmos nossas conquistas esportivas.

O Maranhão está de volta.


Veja aqui o resultado geral da 3ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Carabina e Pistola.

Clique aqui e entre no link da página de resultados da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.
fonte: Fmte
logo

Rua Afonso Pena n° 291, sala 01 - Centro - São Luís - MA - 65010-030

phone(98) 9811-81188

Sobre
Técnico
Mídias
logo Academia do Tiro
versão 2023/08
logo academia do tiro